sexta-feira, 28 de maio de 2010

segunda-feira, 24 de maio de 2010

No mundo de Marta, é possível encontrar corações como o de Maria!

Nos textos do Evangelho de Lucas cap 10 a partir do vers 38, no Evangelho de João nos capítulos 11 e 12, nos encontramos com uma familia composta de três irmãos: Marta, Maria e Lazaro (aquele que Jesus ressuscitou), porém, quero me ater as duas mulheres da família, sendo Marta a mais velha delas. É interessante lembrar que eram irmãs, criadas em uma mesma doutrina, no mesmo costume, sujeitas as mesmas influencias, porém, na idade adulta demonstrando comportamentos totalmente diferentes. Marta se apresenta como uma mulher que tem como sobrenome "Trabalho", ela esta sempre preocupara com os afazeres, está sempre com pressa, esta sempre preocupada em ser reconhecida pelos méritos do seu trabalho, esta sempre incomodada com aqueles que fazem escolhas diferentes das dela. Marta se torna um retrato ideal do mundo em que vivemos, um mundo no qual as pessoas se preocupam unicamente com os louros colhidos pelo esforço do seu trabalho, um mundo que vive com pressa, um mundo altamente competitivo, um mundo que busca reconhecimento há qualquer custo, um mundo disposto a desprender esforços sobrehumanos não se preocupando com o que isso custe. Pra esse mundo tanto faz se vai custar a comunhão da familia, se vai custar a educação dos filhos, se vai custar a salvação, se vai custar o relacionamento com Deus, TANTO FAZ... Embora saibamos que a sobrevivência em um mundo tão competitivo é um tanto quanto desgastante, podemos fazer escolhas diferentes. Veja o caso de Maria, ela vivia no mesmo mundo que Marta, estava inserida numa mesma realidade, porém, quando percebeu que Jesus estava em sua casa, imediatamente reavaliou suas prioridades e resolveu empenhar um "Tempo de Qualidade" na presença de Jesus. "Coisas que Martas não entendem". Maria entende um principio básico: "As coisas deste mundo jamais me levarão a presença de Deus, mas, a presença de Deus certamente suprirá minhas necessidades neste Mundo!" Mt 6:33. Tudo é uma questão de escolhas! Hoje em dia, corremos tanto que já não encontramos mais um tempo pra Deus, um tempo pra adoração, o momento que teríamos de culto, é o tempo que empenhamos a receber nossos amigos em casa, discutir a relação com a(o) esposa(o), assistir um bom filminho, e.... Jesus? Caros seguidores deste Blogger, eu sei que pra vc conseguir um pouquinho mais de conforto num futuro vc precisa trabalhar um pouquinho a mais, mas, eu também sei que pra ter mais qualidade neste futuro vc precisa repensar as suas prioridades e colocar Deus como o centro delas. Você precisa saber que há um futuro além deste que vc está planejando, os sinais nos mostram que "Jesus está voltando", e, de que valerá o esforço no mundo de Marta se só estará com Cristo aqueles que tem um coração como o de Maria? Pense Nisso! Não abandone o seu emprego, Empregue parte do seu Tempo aos Pés de Cristo. "Marta, Marta, tú andas preocupada com muitas coisas, Maria escolheu uma só coisa, e está é a Melhor, e não lhe será tirada!"

Por Pr. Lucas de Paula
Sermão Pregado dia 23/05/2010 na IPR de São Vicente

sábado, 15 de maio de 2010

A Campanha está um Sucesso!!!

Ontem, dia 14/05/2010 aconteceu o 5º dia da Campanha "É Proibido Desistir". Deus se manifestou em nosso meio através da adoração do seu povo. Fomos Ministrados por Deus através da ir. Luciane de Paula da Igreja Presbiteriana Renovada de Caçapava - Vale do Paraíba, que nos levou a uma profunda reflexão sobre as posturas de Ana e Elias frente aos desanimos da vida: Ana buscou refugio no Altar de Deus, enquanto Elias se refugiou numa arvore e pediu a morte. Deus nos impulsionou a ciência de que nos momentos de desanimo, o melhor lugar para se estar é na Presença de Deus.
Você que ainda não compareceu está perdendo. Venha Participar conosco. Na próxima Semana, viveremos o sexto dia da Campanha.
Luciane de Paula
Preletora do 5º dia da Campanha

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Faltam só 19 Dias...

Prepare-se e Venha para...
Junte sua Galera e venha evangelizar conosco!
Maiores Informações (12) 9748-5633 com Pr. Lucas

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Um exemplo a ser seguido...

Nas comemorações alusivas ao dia das Mães, ministramos na noite de ontem uma palavra destinada a essas mulheres que foram agraciadas por Deus com a dádiva de gerar filhos. Com certeza não encontramos na Bíblia exemplo melhor de Mãe do que Maria, uma jovem escolhida por Deus para ser Mãe de Jesus (é importante lembrar que Maria foi Mãe de Jesus em sua natureza humana, na natureza divina Jesus não teve mãe - ela não é "mãe de deus"). Maria se tornou uma mulher exemplo de fé, humildade e obediência a vontade de Deus, no contexto de sua geração aceitou um desafio que certamente a exporia extremamente a sociedade, faria com que sua familia a renegasse e perderia o noivo prometido, mas, em Lc 1:38 essa mulher reconhece a grandeza de Deus, e, como serva se coloca a mercê de sua vontade. Na sua maternidade, Maria deve ser lembrada e honrada em alguns pontos: 1º Aceitou a Vontade de Deus - Entendeu que o que estava recebendo era benção e não maldição, os filhos são bençãos, o salmista disse que é bem-aventurado aquele que deles enche a sua aljava; 2º Mesmo diante das privações, recebeu o seu filho com alegria - Ela com José tiveram que retornar a Belém em virtude do recenseamento ordenado por Cesar Augusto, justamente nessa ocasião sentiu dores de parto, não encontraram uma pousada, e, restou-lhe uma manjedoura (curral), mesmo assim se alegrou com o nascimento de seu filho e foram agraciados com a proteção de Deus. Vc já percebeu que, mesmo diante dos problemas, falta de recursos, saúde debilitada, etc, o momento do nascimento de uma criança é sempre agraciado por Deus com muita alegria? 3º Nos primeiros dias após o parto apresentou o seu filho ao Senhor - Maria seguiu um principio básico: Ensina o teu filho no caminho que deve andar, e quando se tornar adulto não se desviará dele. 4º Maria abnegou-se de suas necessidades por amor e pela segurança do seu filho - Quando percebeu que seu filho corria risco de vida, fugiu para o Egito, privando por sua segurança. Uma mãe está disposta a fazer qualquer coisa pela segurança de seu filho. 5º Buscou entender a Missão do Filho - Toda Mãe tem que se esforçar a entender que os filho não são meras cópias regidas pelos sonhos dos seus pais. Cada um deles foi agraciado por Deus com individualidade, e cabe aos Pais, orientar, compreender e ajudar. Nem sempre o seu filho será o que vc quer, mas, vc tem o dever de orienta-lo e ajuda-lo a ser o melhor em tudo que ele fizer. 6º Reconheceu e investiu na capacidade de seu filho - Maria se orgulhava do filho que tinha, e fazia questão de tornar aparente a sua capacidade, foi o que ela fez nas bodas de Caná Jo 2. Orgulhe-se do filho que vc tem, caso hoje os atos dele não sejam de se orgulhar, ore por ele, Deus irá mudá-lo. 7º Mesmo depois de crescido, ela estava preocupada com seu filho - os filhos de uma mulher, independente da idade que terão sempre serão "as crianças lá de casa". Mesmo que seu filho tenha crescido e se tornado independente, se casado, ou saído de casa pra morar longe em virtude do trabalho, ele sempre dependerá de sua atenção, de sua oração, e por que não dizer de uma ligação! 8º Foi com seu filho até as ultimas conseqüências - Foi a unica pessoas que esteve com Jesus no seu nascimento e na sua morte. Não o deixou por nada. Sofreu dores que feriram o seu coração, mas, não saiu do lado dele. Não Abandone seus filhos, eles precisam de Você - Mãe.
Por tudo isso, Maria se tornou agraciada, mas, quero enfatizar que Você, Mãe, também foi agraciada por Deus com essa dádiva, cumpra-a com Amor e Dedicação.
Fica registrada minha homenagem a Minha Mãe "Lidia Rodrigues de Paula" mulher sábia, que seguiu exemplos como o de Maria e Me Criou muito bem. Obrigado Mãe. Te Amo. Adoro quando a senhora me liga. Beijos.

Por Pr. Lucas de Paula

terça-feira, 4 de maio de 2010

As Mensagens da Cruz...

No ultimo domingo celebramos a ceia do Senhor, um momento de extrema comunhão e alegria entre irmãos e aos pés de Cristo. Fomos conduzidos por Deus à palavra, e, nela relembramos que os atos, as falas, tudo que Cristo executou na Cruz tiveram um significado profundo para as nossas vidas (Ele não fez nada em vão). Abordando essas conquistas da Cruz, compartilhamos as sete ultimas frases proferidas por Jesus durante as seis agonizantes horas nas quais Ele esteve crucificado: 1º Eli, Eli, Lamá Sabactâni - Deus meu Deus meu, porque me desamparaste - Deus abandonou Jesus na Cruz? Certamente NÃO! Porém na Cruz Jesus carregava sobre sí o pecado de todos nós, e todos sabemos que o pecado é que separa o homem de Deus. Quando Jesus estava na Cruz, mesmo não sendo pecador, mas por momentos carregando os nossos pecados, Jesus é envolvido de um sentimento que é trazido ao homem como conseqüência do pecado "a separação". Naquele momento Ele sente a separação de Deus, mas quando passa por isso, Jesus está garantindo que a nenhum de nós seria necessário passar. Ele sentiu a dor da separação pra que nós estivéssemos em comunhão com o Pai. 2º Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem - diante dos seus algozes, Jesus consegue ter uma atitude em que se resume toda a sua missão "Liberar perdão". Quando os nossos sofrimentos acabam fica fácil liberar perdão, afinal já vencemos, o difícil é liberar perdão enquanto ainda se esta sendo injustiçado. Lembre-se que nós fomos tão culpados como aqueles que estavam no momento da Crucificação, saiba que Ele estava alí em nosso lugar. Mas você pode dizer hoje "Obrigado" pois na Cruz Ele liberou perdão pra todos nós. 3º Hoje mesmo estarás comigo no Paraíso - Um dos ladrões que estavam crucificados ao lado de Cristo reconhece o seu sacrificio, crê na sua inocência, recebe-o, e, por isso toma posse da Promessa de Salvação. A partir do momento que cremos, imediatamente acessamos a salvação, e se morrermos segundos após a declaração explicita de nossa crença, certamente nos encontraremos com Ele no paraíso. 4º Mulher eis aí o Teu filho... Filho, eis aí a Tua Mãe! - pense, Jesus era o Filho mais velho de Maria, como José já havia morrido, pesava sobre Ele a responsabilidade de cuidar dela, afinal, naquela época as viúvas eram desprezadas. Jesus na Cruz demonstra que a Familia deve receber grande empenho em nossas preocupações. Independente da "OBRA" que fazemos, não é justificado o abandono de nossa familia. Na Cruz Jesus se preocupa com a possibilidade do abandono de Maria e pede a João (O discípulo amado) que cuide dela. A Bíblia diz que no mesmo dia o discípulo a recebeu em sua Casa. 5º Tenho Sede - As teorias gnósticas dizem que Jesus abandonou sua natureza humana pra não sentir a dor do sofrimento, porém não é isso que a Bíblia diz, vários atos de Jesus demonstram que sentia um sofrimento físico intenso, prova disso exclamou "Tenho Sede". Jesus enfrentou sofrimentos físicos pra nos isentar deles, o profeta Isaías disse que ele levou sobre sí as nossas dores. Jesus sente sede para se tornar agua da vida e garantir que aqueles que tomassem Dele jamais teriam sede! 6º Paí, nas tuas mãos entrego o meu espírito. Jesus não abandonou, foi até as ultimas conseqüências entregando o cumprimento da Missão nas mãos do Pai. Nele temos um grande exemplo: Nas missões que nos são confiadas temos que ir até o fim! Onde estaríamos se Jesus antes de entregar tivesse abandonado? Pense! Onde estarão as pessoas que dependem de Você se ao invés de realizar você o abandonar? 7º Está consumado - Feito! Cumprido! A Morte de Cristo nos trouxe: A possibilidade de jamais sentirmos a separação de Deus, o perdão pelos nossos pecados, a garantia da salvação a todos os que crerem, a benção e cuidado sobre a instituição da familia, a ausência dos sofrimentos desde que que os lancemos confiantemente aos pés Dele, o fortalecimento para realizar as obras que nos foram confiadas sem desistirmos, e, muito mais. Quando Jesus disse Está Consumado, ele nos acessou a todas as Conquistas da Cruz!!!

Nesta Semana, Tome Posse De Tudo Que Jesus Conquistou Pra Você Na Cruz !!!

Pr. Lucas de Paula